Esclarecimento de dúvidas

6 min leitura -

Nos últimos dois posts acho que fui demasiado vago em relação àquilo que pretendo fazer e as respectivas razões.

Como tal, acho que deixei a impressão errada a algumas pessoas e decidi escrever um post de modo a esclarecer possíveis dúvidas e explicar melhor a minha posição.

Mudança de formato

Vou começar pela decisão de mudar para MTTs…

Eu nos sit-n-gos, devo ter ganho tanto nos últimos 3 anos,como a maior parte dos Portugueses ganham numa vida, mas também provavelmente tomei mais decisões difíceis do que a maior parte das pessoas tem que tomar numa vida. Estou a falar das imensas decisões por minuto que tomava enquanto jogava 12-30 mesas rápidas/super rápidas ao mesmo tempo. Isto desgasta!

Eu tenho continuado a jogar porque realmente a compensação financeira valia a pena, mas nos últimos meses o jogo já não me estimulava o intelecto (atingi o topo do formato) e quando comecei a perder, achei que era altura de mudar.

Será que se eu quisesse descer de stakes e trabalhar o meu jogo, eu não conseguia voltar a ser vencedor nos sit-n-gos de Stakes mais altos? Provavelmente sim, mas se eu com 26 anos já me começo a sentir desgastado do grind dos sit-n-gos, como é que me vou sentir aos 30 se continuar pelo mesmo caminho?

Acho que também não tem sentido deixar de jogar Poker profissionalmente, já que trabalhei muito para ter o que tenho agora e definitivamente estou numa posição excelente para continuar a minha carreira noutra direcção.

Aqui é importante pensar: O que é que é realmente importante para mim?

O dinheiro é importante até ao ponto em que consigo garantir a sustentabilidade das minhas necessidades básicas, algum conforto e me permita preparar o meu futuro.

O meu patrocínio, ao contrário do que a maior parte das pessoas pensam, não me dá 100% de rakeback, ou uma % de rakeback. Eu tenho sim alguns valores fixos que incluem buy-ins e alguns valores por objectivos.

Como disse noutro post, eu acho que estava a gastar demasiado dinheiro nas minhas despesas fixas. Decidi então reduzir para metade essas despesas, que assim, os meus investimentos pagam as minhas despesas básicas e , o patrocínio permite-me já ter algum conforto e preparar o meu futuro. Como tal, não preciso de estar muito preocupado com ter que ganhar mais dinheiro a curto prazo.

2012 (Curto prazo)

A curto prazo é importante para mim gastar mais tempo a fazer coisas que goste e trabalhar no sentido de criar situações melhores para mim a médio e longo prazo.

Quando digo gastar mais tempo a fazer coisas que goste, a nível de trabalho estou a falar de produzir mais conteúdos e aprender jogos novos, cuja aprendizagem me torne um jogador melhor e mais completo.

O meu plano para os próximos 6 meses é evoluir o máximo possível nos MTTs e como não tenho grandes pressões de ter que ganhar mais dinheiro a jogar, o plano vai ser estudar durante a semana e só jogar durante os Domingos e grandes campeonatos online.

Médio Prazo

Em 2013, a ideia é continuar a aprendizagem dos MTTs num nível mais avançado e iniciar-me nos cash-games de modo a complementar o meu jogo. Já pretendo jogar alguns torneios ao vivo para aplicar o que aprendi online e começar a ganhar experiência.

Muito provavelmente não vou fazer Supernova Elite no próximo ano. Embora ainda queira chegar ao 5M VPPs lifetime, que agora dão um relógio especial para quem os alcança! 🙂

Planos para 2014 são muito difíceis de fazer para os jogadores profissionais Portugueses, já que ninguém sabe como vai ser a regulamentação do jogo em Portugal. E é uma das razões porque quero aprender vários jogos, de modo a ter o máximo de opções em aberto nessa altura.

Eu quero  jogar os principais circuitos internacionais (EPT e WSOP) e trazer os principais troféus para Portugal, tal como fiz no Magic: The Gathering, mas ainda falta bastante tempo e trabalho da minha parte para isso!

Seguidores

Os meus seguidores/leitores são muito importantes para mim e eu acho que isto vai ser uma boa mudança para quem gosta de me seguir.

Sejamos honestos, os hypers para os seguidores eram horríveis, já que se abria um e acabava pouco depois. Ao começar a jogar mas MTTs e eventualmente cash, sempre me podem acompanhar nas mesas mais regularmente.

Nos hypers também era difícil partilhar estratégia ou até mesmo dar coaching, porque estava constantemente a jogar contra os mesmos jogadores e ao “ensinar alguém” estava a prejudicar-me a médio/longo prazo. Ao mudar de formato, posso partilhar o meu processo de aprendizagem desde o início e assim ajudar quem precisa de alguma orientação. Posso também partilhar mais mãos no blog e estratégia por detrás das jogadas, tal como eventualmente dar coaching assim que me sentir apto.

Conclusão

Espero que tenha explicado melhor as razões por detrás da minha mudança e que tenha mais sentido para quem me segue neste blog.

Não foi uma decisão fácil para mim, até porque é a minha vida profissional que está em jogo, mas acho que é o melhor a fazer nesta altura.

Se correr mal, posso voltar atrás e recomeçar nos sit-n-gos, se correr bem… BOOM!

De qualquer modo, espero que me queiram continuar a seguir e fazer parte desta nova fase da minha carreira!

Ah…, na próxima semana vou anunciar o meu próximo desafio, estejam atentos ao blog! 🙂

 

PS: Vou adiar os posts com as análises dos livros no próximo mês. É que subestimei a minha capacidade de leitura e absorção de conteúdos :P.  Ah!, e por favor tirem os Harringtons da lista, é que tem ideias que são erradas, pelo que é perigoso!

Publicar como