Enquanto estive fora do mundo do Poker, houve alguns alunos que quiseram ter-me como mentor e dei algumas aulas durante esse período. Perguntaram com alguma frequência porque é que eu não criava uma equipa, mas a minha resposta sempre foi que não era algo que estivesse nos meus planos da altura.

Entretanto voltei a jogar Poker e à medida que fui falando com várias pessoas do meio, tornou-se óbvio para mim que o modelo da equipa era o que tinha mais sentido em 2020.

Tive algumas propostas das equipas existentes, mas nada que me tivesse aliciado. A ideia de criar uma equipa ainda estava algures no fundo da minha cabeça, mas eu tinha noção que não era algo que eu conseguisse ou mesmo quisesse fazer sozinho, então não era algo que ia avançar sem ter as pessoas certas comigo.

Ivanildo Gomes

Comecei a aperceber-me que a pessoa perfeita para entrar num projecto deste género comigo, seria o Ivanildo Gomes, porque partilhamos valores, trabalhamos bem em conjunto mesmos quando temos opiniões diferentes e acabamos por nos complementar de várias formas. Mas, quem conhece o Ivanildo, sabe que o que ele gosta mesmo de fazer é jogar, aprender e evoluir, estando sempre disposto a debater a melhor forma de jogar uma mão ou de construir um range. Então, tinha um feeling que ele não ia querer perder tempo na parte administrativa de uma equipa, pelo que a minha pergunta inicial foi algo do género “Se só tivesses que dar aulas de grupo, coaching individual e analisar mãos de alunos, achas que estarias interessado em ser sócio de uma equipa?” Eu não me importava de tratar do resto se pudesse contar com o Ivanildo para a parte técnica e para me ajudar em algumas decisões da equipa, porque sei que ele para além de ser um jogador excepcional que passou o teste do tempo, é também um mentor dedicado e uma pessoa espetacular!

João Ferreira

Embora tanto eu como o Ivanildo entendamos o Poker num nível avançado, sentimos que em algumas situações nos faltava um especialista em torneios que jogasse High Stakes.

Ambos tivemos coaching com o João Ferreira, conhecido na comunidade como “Soleej” e era incrível a velocidade a que ele respondia às minhas dúvidas sem ter que pensar muito. Estou a falar de perguntas já de um nível avançado de Poker e ele sabia sempre como resolver aquelas situações difíceis.

Ao fim de algumas sessões de coaching e de perceber que era a pessoa perfeita para se juntar a mim e ao Ivanildo, perguntei-lhe casualmente se já tinha pensado entrar em alguma equipa, ou criar uma equipa dele. Aqui normalmente a malta joga em Call ou Fold, mas o João jogou em Raise e perguntou-me se eu estaria interessado em começar uma equipa com ele.

Estava feito!

Evolution Poker

A equipa foi criada com o nome Evolution, porque todos temos como missão evoluir o máximo possível, um pouco como o meu hashtag pessoal #1PorCentoTodosOsDias.

Como queríamos testar e melhorar tudo dentro da equipa antes de abrirmos ao público, começámos com os meus alunos, aqueles mesmos alunos que meteram a ideia da equipa na minha cabeça.

Passado alguns meses de evolução da equipa, posso dizer que todos os alunos melhoraram imenso e estão a ganhar bastante para os níveis deles!

Formação

Para além das sessões de coaching individuais e análise de mãos, mantivemos sempre um compromisso de dar 1 aula de grupo de pelo menos 1 hora semanal, mas demos sempre mais…

Ainda recentemente o Soleej deu uma aula de 5 horas onde esteve a explicar todas as estratégias dele num torneio de High Stakes do início até ao Heads-Up e os alunos tiveram a oportunidade de questioná-lo sobre as jogadas.

Já o Ivanildo começa a preparar as aulas com alguns dias de antecedência, prepara PowerPoints para explicar os pontos com clareza e é com rigor que ensina os fundamentos teóricos do jogo, desde do mais básico até ao mais avançado.

Dentro da equipa, só não aprende quem não quer! E filtramos logo para não ter pessoas que não queiram aprender. Procuramos pessoas que partilhem os nossos valores e que queiram dar tudo para evoluir!

Miguel Proença

Embora eu tenha experiência a nível de negócios, gestão empresarial e investimentos, sabia quem era a pessoa perfeita para fazer a gestão financeira da equipa. O problema é que por ser tão bom na área, é uma pessoa extremamente ocupada e achei que seria improvável convencê-lo a entrar neste projecto. De qualquer modo, falei um bocadinho do projecto ao meu amigo Miguel Proença e fiquei surpreendido pela positiva quando ele aceitou!

O Miguel para além de optimizar toda a parte financeira da equipa, também dá apoio aos alunos a nível de finanças, investimentos e impostos, o que tem sido bastante útil para eles.

André Coimbra

Falta falar de mim… Para além de procurar sempre a pessoa mais competente para cada uma das tarefas necessárias na equipa, eu acabo por fazer a conexão entre todos os pontos da equipa de modo a criar sinergias e maximizar a evolução da equipa como um todo, estando sempre disponível para ajudar no que puder.